31/10/2016

Tag: Halloween Literário


Eeeeei, monstrinhos! Happy Halloween! ♥
Hoje eu vou responder a tag Halloween Literário, que foi criada pelo canal Cabine Literária (clica aqui ó para conhecer). Espero de verdade que vocês gostem e não se esqueçam de comentar o que vocês acharam! ;)

1 - Qual o seu livro favorito de terror ou suspense?
Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Cinco anos depois do surto ter começado, restaram poucos sobreviventes, entre eles Malorie e dois filhos pequenos. Ela sonha em fugir para um local onde a família possa ficar em segurança, mas a viagem que tem pela frente é assustadora: uma decisão errada e eles morrerão.

Eu li Caixa de Pássaros recentemente e posso afirmar para vocês que esse livro pode te assustar sim. Principalmente se você for um tanto fraco - como eu sou - para esse gênero literário.






2 - Pra festa de Halloween, você precisa se fantasiar de um personagem de um livro. Qual será?
A vida do menino Harry Potter não tem um pingo de magia. Ele vive com os tios e o primo, que não gostam nem um pouco dele. O quarto de Harry é, na verdade, um armário sob a escada, e ele nunca comemorou um aniversário sequer em onze anos.Até que, um dia, Harry recebe uma carta misteriosa, entregue por uma coruja: um convite para estudar num lugar incrível chamado Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts. Lá ele vai encontrar não só amigos, esportes praticados em vassouras voadoras e magia para todo lado, como também seu destino, que espera por ele desde que nasceu... Se ele sobreviver a tudo que esta descobrindo, é claro.

Como toda boa fã de Harry Potter, eu escolheria me fantasiar de Hermione Granger. ♥





3 - Um personagem que não é de livro de terror, mas que você acha assustador.
Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam à Clareira, um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr, correr muito. 

Não tem como não sentir medo dos verdugos, as temíveis criaturas que assombram o labirinto de Maze Runner. Principalmente porque os efeitos que elas causam nas pessoas é assombroso.

4 - Vampiros ou Lobisomens?

Particularmente, eu prefiro os vampiros.

5 - Se forem vampiros, qual o seu vampiro preferido da literatura? Se forem lobisomens, qual o seu lobisomem preferido da literatura?

Na questão acima, eu disse que preferia os vampiros, mas não tenho nenhum para indicar para vocês. Dessa forma, indicarei o professor Lupin, de Harry Potter, que é um dos personagens que eu mais gosto.

6 - Qual um livro de terror que você tem vontade de ler?
Quase um século depois que uma pesquisa científica financiada pelo Exército dos Estados Unidos foge do controle, tudo o que resta é uma paisagem apocalíptica. As cobaias utilizadas nos experimentos – prisioneiros a caminho do corredor da morte – escaparam do laboratório e iniciaram uma terrível carnificina, alimentando-se de qualquer ser com sangue nas veias e espalhando por todo o continente o vírus inoculado nelas. Um em cada 10 habitantes pode ter sido infectado. Os outros nove se tornaram presas desses virais, criaturas animalescas extremamente ágeis e fortes cujos únicos pontos fracos parecem ser a hipersensibilidade à luz e uma pequena área frágil próxima ao esterno. Em uma fortificação construída nas montanhas, cercada de muralhas de concreto e holofotes superpotentes, uma comunidade tenta sobreviver aos constantes ataques noturnos. Mas a precária estrutura que a protege está com os dias contados: as baterias que alimentam as luzes começam a falhar e uma invasão é iminente. Não se sabe o que aconteceu ao resto do mundo: a comunicação foi cortada, não há governo e o Exército nunca cumpriu a promessa de voltar. Provavelmente estão todos mortos. Mas a chegada de uma misteriosa andarilha traz novas expectativas: ao que tudo indica, ela tem as mesmas habilidades dos virais, mas não sua necessidade de sangue. Agarrando-se a essa esperança, um grupo parte da Colônia para buscar mais sobreviventes – e a verdade fora dos muros.

Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro, mas sabe aquela mania de leitor de sempre passar outro livro na frente? Eu sofro disso. Já era para eu ter lido esse livro, mas sempre coloco outro em seu lugar.

7 - Gostosuras ou Travessuras? Diga um livro gostosura e um livro travessura.


Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

Para o livro gostosura, eu optei por Sr. Daniels, que é um dos livros mais fofos que eu já li em toda minha vida. Impossível não se apaixonar!




Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes. Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.


Proibido é um livro que traz um tema muito pesado e que, por causa disso, recebe muitas críticas. E foi por isso que ele foi meu escolhido como livro travessura.

29/10/2016

Indicação: Atividade Paranormal

Hello, monstrinhos ♥ Hoje ainda não é Halloween, mas eu decidi indicar um filme super assustador para vocês. Filmes de terror pra mim tem que ser assim, com muito susto, daqueles que faz a gente gritar. Não gosto nem um pouco de filmes que só tem sangue pra lá e sangue pra cá. Sim, eu não gosto de JogosMortais e me admira muito alguém gostar.

O filme que vou indicar pra vocês já deve ser fichinha porque ele já é bem conhecido, mas, levando-se em consideração que a maioria dos filmes de terror que eu já assisti eram infantis ou de comédia, eu com certeza não teria outro para indicar. Enfim, o filme que do qual estou falando é Atividade Paranormal.


Desde criança Katie (Katie Featherston) ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah (Micah Sloat), que, meio cético quanto aos depoimentos, resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. O que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério torna-se uma experiência intrigante e assustadora.*

Prestem bastante atenção nessa imagem, ela diz: não assista sozinho. Pelo amor de Deus, não assistam sozinhos e morram do coração, tá?

Eu estava acompanhada dos meus amigos a primeira vez que assisti esse filme, então foi muito mais hilário do que deveria ter sido. O filme te deixa extremamente apreensivo e apavorado (pelo menos eu fiquei apavorada), mas, quando termina, você fica com vontade de ver mais e mais. Por isso indiquei esse filme para vocês, porque ele é bom, assusta bastante e você fica querendo mais no final. Então, se estão precisando de um filmezinho para assistir no feriadão, chama seus amigos e assista Atividade Paranormal. 


*Fonte: AdoroCinema

27/10/2016

Série: The Fosters


Oi, todo mundo! Eu não estava disposta a assistir seriados novamente, mas, recentemente, conheci um seriado que mudou minha maneira de pensar. The Fosters conta uma história tão envolvente que você acaba não percebendo as horas passando, e, por causa disso, ele acabou entrando para minha lista de favoritos ♥

Produzida pela cantora e atriz Jennifer Lopez, The Fosters mostra os desafios e alegrias de uma família composta por duas mães, que criam filhos adotivos junto com um filho biológico. O casal vê sua família, que já é grande, virar de cabeça para baixo quando adotam mais uma garota difícil de lidar. Uma das mães é uma policial e a outra é uma professora de escola particular. Elas têm um filho biológico e já tem adotados um casal de adolescentes gêmeos.

Assim como Modern Family, outro seriado que eu sou apaixonada, The Fosters traz uma história simples, mas cheia de problemas, sejam eles grandes ou pequenos. Comecei a assistir tem pouco tempo e já estou na segunda temporada (são quatro, até então). Os episódios são longos, mas eu nem reparo porque fico ansiosa para saber o que vai acontecer.


É muito amorzinho esse seriado, gente. Se vocês não conhecem, não percam muito tempo aqui e vão correndo assistir. Na Netflix tem as duas primeiras temporadas, mas eu vou pressioná-los para liberarem logo a terceira temporada. Ah, e se vocês já assistiram, comentem aí embaixo o que acharam. No spoilers, ok?

24/10/2016

Tag: Disney

Ainda no modo #childhood, hoje vou responder a tag Disney. Não fui taggeada por ninguém (snif snif), mas como ela é super fofa, decidi fazê-la mesmo assim. Espero que vocês gostem da minha respostas e que elas tragam um gostinho de infância para vocês ♥

1 - Qual seu filme favorito da Disney?

E eu já começo a tag sem saber qual filme citar. Congratulations! Mas aí eu parei pra pensar e me lembrei que Aladdin era e continua sendo um dos meus filmes favoritos. Aquele que a história parece nunca acabar, que você assiste ao primeiro e poderia passar o resto da vida assistindo. Eu me sinto assim em relação à esse filme, com gosto de quero mais.

2 - Quem é o seu herói/protagonista favorito e porquê?

Ariel sempre foi e sempre será minha princesa Disney favorita. A determinação em tê-lo ao seu lado sempre foi algo que eu admirei muito nessa princesa. E, quando eu era mais nova, só o fato dela ser uma sereia, já significava muito pra mim (todo mundo me chamava de peixinho porque eu adorava nadar).

3 - Quem é o seu vilão favorito e porquê?

Cruella cruel, Cruella cruel... em suas veias só circula fel...
Para um vilão me conquistar, a única coisa que ele precisa é me fazer rir. E isso a Cruella fazia e muito. Extremamente vaidosa e cruel, ela não media palavras e esforços para conseguir o que queria. E fazia isso da forma mais exagerada possível, o que a tornava engraçada.

4 - Um filme da Disney que merecia mais destaque?

Eu não sei vocês, mas eu não ouço ninguém falando sobre esse filme. Eu mesma quase não me lembro dele, mas, pesquisando no site da Disney, eu o encontrei e me lembrei que era apaixonada por ele (veja como as coisas mudam, eu mal me lembro agora). E foi por isso que eu o coloquei aqui, é um ótimo filme, mas que não teve muito destaque e, infelizmente, acabou sendo esquecido.

5 - Uma cena de qualquer filme da Disney que você gostaria de experimentar.

O meu maior sonho infantil era ir para Neverland, um lugar onde a gente pode ser criança para sempre. Depois de um tempo acreditando nisso, você vai percebendo que você não precisa ir para Neverland para ter a sua infância para sempre porque a sua infância vive dentro de você e somente você pode escolher se quer tê-la para sempre ou não. Love you, Peter Pan ♥

22/10/2016

Resenha: O Lado Feio do Amor

Título: O Lado Feio do Amor
Título Original: Ugly Love
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Ano: 2015
Classificação: 4,5/5

Sinopse: Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.

17/10/2016

Filmes (ou personagens) que marcaram a minha infância ♥

Eu sei que o dia das crianças já passou, mas os bons filmes infantis (♥) continuam aí e por isso vim mostrar quais foram os filmes que marcaram a minha infância. Já vai preparando a pipoca porque depois de ler esse post vocês com certeza vão querer assistir a um desses filmes. Bom, pelo menos, eu vou querer assistir a um desses filmes. Whatever.

O Rei Leão

Falem o que quiserem, mas, pra mim, não vai existir animação mais bonita que O Rei Leão. A história de Simba é uma das mais simples, mas é recheada de emoção. Sim, eu chorei e choro até hoje assistindo esse filme. E, gente (lê-se zenti porque estou no modo fofa), tem como não amar essa relação entre pai e filho? Não tem, não tem mesmo! ♥

O Pequeno Vampiro

Sim, eu era uma criança hiper radical, que não se importava de assistir filmes de vampiro. E o meu vampirinho favorito quando eu era criança era o Rudolph (suspiro), melhor amigo do Tony (garoto da foto). Ah, e também achava o pai do Rudolph, o Frederick, muito, muito bonito... Parando pra pensar agora, não acho que era só pelo fato de ter vampiros que eu assistia esse filme.

Harry Potter

Eu não poderia deixar de citar Harry Potter nesse post porque ele foi um dos filmes mais marcantes da minha infância. Eu me lembro até como foi que conheci a saga. Eu estava chateada com minha mãe e meu tio e meus primos, que estavam indo assistir o filme, me convidaram para acompanhá-los. Eu não entendi absolutamente nada na época e acredito que nem o meu tio porque eu ficava perguntando o tempo inteiro. Mas daquele dia em diante, virei #potterhead e passei a amar a história do Harry.

Renato Aragão

Eu não sei vocês, mas um dos maiores personagens da minha infância foi o Didi, interpretado pelo grande Renato Aragão. Filmes como Simão O Fantasma Trapalhão, Didi Quer Ser Criança, O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili e muitos outros foram filmes que fizeram parte da minha infância. Mas que jamais deixarão de fazer parte da minha vida porque até hoje eu costumo assistir a qualquer um desses. Renato Aragão, por sua causa e por causa de seus filmes, eu considero que tive a melhor infância de todas. Você provavelmente não vai ler isso, mas muuuuuuuuito obrigada! <3

Xuxa Meneghel

Além de nutrir uma grande admiração pela apresentadora, sou muito grata porque ela, assim como o Renato Aragão, fez parte da minha infância e, se não fossem os dois, ela não teria sido tão boa como foi. Me lembro de vários filmes da Xuxa dos quais eu era (e sou) apaixonada, alguns deles como Abracadabra, Xuxa e os duendes (♥), Xuxa Gêmeas e vários outros. Então, assim como ao Renato, também agradeço a você, Xu, por ter feito a minha infância ser tão mágica <3

E então, crianças, o que acharam do post? Deixem nos comentários os filmes que marcaram a infância de vocês (ah, vale personagem também, tá?). Muito obrigada pelo carinho e atenção! Até o próximo post ♥

15/10/2016

Indicação: Intocáveis

Ooooooi, amorecos! ♥
Alguns meses atrás, logo após assistir Como eu era antes de você no cinema, eu estava procurando um filme que abordasse tetraplegia e minha colega de trabalho me recomendou o filme Intocáveis. Pasmem, mas, até aquele momento, eu não havia ouvido falar sobre ele. Ou talvez tivesse, mas não me lembrava. Enfim, depois que ela me recomendou e me contou grande parte do filme, eu fiquei super ansiosa para assistir. E foi num domingo, logo de manhã, que eu resolvi que precisar assistir para tirar minhas próprias conclusões e, meu Deus, que filme bom! <3


Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabele, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.
Fonte: AdoroCinema


Como eu não sabia muita coisa sobre o filme, acabou que ele se tornou uma surpresa. Daquelas que você fica com vontade de rever o tempo todo, só pelo gosto de sentir tudo novamente. Enfim, um achado esse filme! Se você já assistiu, deixe nos comentários o que achou (não vale dar spoilers!). Mas se você não conhece o filme, dê uma chance que eu tenho certeza que você não vai se decepcionar. ♥ Muito, muito, muito obrigada se você chegou até aqui e até o próximo post! <3

13/10/2016

A febre #StrangerThings

Eeei, mundão! ♥
Hoje decidi fazer uma postagem sobre o seriado mais popular do momento. Stranger Things é ambientada em Montauk, Long Island, e conta a história de um garoto que desaparece misteriosamente. Enquanto a polícia, a família e os amigos procuram respostas, eles acabam mergulhando em um extraordinário mistério, envolvendo um experimento secreto do governo, forças sobrenaturais e uma garotinha muito, muito estranha.*


Eu havia visto o trailer do seriado, mas não fiquei tão interessada, mas, como todo mundo estava dizendo que era o melhor seriado do mundo, eu fiquei curiosa, né? Aí em um domingo qualquer decidi que iria acabar com aquela curiosidade e comecei a assistir. Eu assisti o seriado inteiro naquele domingo. Cheguei até mesmo a rever alguns episódios, mas, qual é?!, onde é que esse é o melhor seriado do mundo? Gostei muito, gostei de verdade da história, mas não achei tudo isso que as pessoas estão falando. E estou um tanto chocada porque, de cada dez pessoas que converso, nove gostaram. Faço parte do time dos do contra novamente! YEAH!


Como eu disse, eu não achei o seriado grandes coisas, mas, minha gente, olha esses quatro. Não dá vontade mesmo de apertar? São tão fofos e tão, tão talentos! Me prenderam de verdade ao seriado. Fiquei angustiada junto com eles ao saber que o amigo sumiu e torci, torci muito para que eles o encontrassem em segurança.

A emissora oficial do seriado é a Netflix e vocês conseguem assistir aos oito episódios (sim, apenas oito episódios #choremos) lá no site. Gente, ele é muito bom, mas assistam sem criar muitas expectativas porque eu esperava tanta, mas tanta coisa que fiquei decepcionada. Mas gostei, gostei mesmo e vou esperar os próximos episódios. #ansiosa. Ah, vou deixar aqui embaixo o trailer, caso vocês ainda não conheçam o seriado e queiram conhecer. Clica no play aí e divirta-se <3


Se você já assistiu Stranger Things, conta aí nos comentários o que achou. Será que eu estou exagerando e ele é tudo isso mesmo? Ou será que eu tenho um pouquinho de razão? Comenta aí. E faça essa blogueira ficar mega feliz ♥

*Fonte: AdoroCinema

10/10/2016

Wishlist Literária #9

Oi, todo mundo! Today eu vou mostrar para vocês quais são os livros que estão na minha listinha de desejados do Skoob. Ah, se quiserem me adicionar, é só clicar aqui ó. E mais uma coisinha: eu não vou me importar nem um pouquinho se um dos meus mais novos leitores quiserem me dar um desses livrinhos de presente ♥


1. The Kiss of Deception: Tudo parecia perfeito, um verdadeiro conto de fadas menos para a protagonista dessa história. Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? Quando se vê refugiada em um pequeno vilarejo distante o lugar perfeito para recomeçar ela procura ser uma pessoa comum, se estabelecendo como garçonete, e escondendo sua vida de realeza. O que Lia não sabe, ao conhecer dois misteriosos rapazes recém-chegados ao vilarejo, é que um deles é o príncipe que fora abandonado e está desesperadamente à sua procura, e o outro, um assassino frio e sedutor enviado para dar um fim à sua breve vida. Lia se encontrará perante traições e segredos que vão desvendar um novo mundo ao seu redor.

2. Garotas de Vidro: Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer. O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos. Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir. Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles.

3. Simplesmente Acontece: Você acha que é possível existir amizade verdadeira entre um homem e uma mulher? O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para a outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Desde crianças, Rosie e Alex viviam juntos. Todo mundo achava que eles tinham nascido para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família de Dublin para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de e-mails, mensagens de textos, cartas, cartões-postais... Ele se tornou um cirurgião renomado... Ela continua correndo atrás do sonho de trabalhar em um hotel luxuoso. Os desencontros, as circunstâncias e uma absurda falta de sorte os mantiveram longe um do outro – até agora. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples. Resta saber se eles vão ter coragem de apostar tudo, inclusive a própria amizade que os une, num amor para a vida inteira. Que tipo de surpresa o destino reserva para eles desta vez?

4. Toda Luz Que Não Podemos Ver: Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial.Uma história arrebatadora contada de forma fascinante. Com incrível habilidade para combinar lirismo e uma observação atenta dos horrores da guerra, o premiado autor Anthony Doerr constrói, em Toda luz que não podemos ver, um tocante romance sobre o que há além do mundo visível.

5. Desculpa Se Te Chamo de Amor: Niki é uma bela garota, é divertida, é inteligente. Tem 17 anos. Alex é um 'garoto' de quase 37. Separou-se há pouco, e sem uma razão clara, de sua noiva. Publicitário com grandes responsabilidades vê-se em crise no trabalho. Os dois se cruzam casualmente num pequeno acidente de trânsito. Niki gosta de Alex, Alex acha Niki divertida. A relação fica cada vez mais intensa. Não querem deixar a diferença de idade atrapalhar. O mundo dos adolescentes se choca com o dos adultos. Mas a vida dos dois nunca mais será a mesma. Este romance é a vontade de reencontrar a própria liberdade, a vontade de ter sentimentos verdadeiros, de amar sem convenções e sem muitos porquês. É o cotidiano, mas também o sonho.

08/10/2016

Resenha: Irresistível

Título: Irresistível
Título Original: Seven Years to Sin
Autora: Sylvia Day
Editora: Hamelin
Páginas: 232
Ano: 2013
Classificação: 3/5

Sinopse: Há sete anos, na véspera de seu casamento, a recatada Jessica Sheffield presenciou uma cena de libertinagem que nenhuma jovem inocente poderia imaginar. Escandalizada, mas estranhamente excitada, ela guardou silêncio com respeito ao escandaloso Alistair Caulfield, e andou para o altar da igreja como esperavam. Mas durante anos de um casamento sereno e tedioso, a imagem de Caulfield ardeu em sua imaginação, alimentando seus sonhos mais ilícitosAlistair fugiu para longe da tentação da recatada debutante com o fogo da paixão gravado em seus olhos. até o Caribe. Agora um comerciante rico, ele pouco tem em comum com o jovem libertino que ela conheceu. Mas quando Jessica, recém enviuvada, sobe a bordo de seu barco para cruzar o oceano, somente algumas peças de seda controlam sete anos de prazeres reprimidos e a certeza de que sucumbir consumirá a ambos.

06/10/2016

Playlist: músicas favoritas do momento!



Não existe coisa melhor do que colocar um fone no ouvido e se perder numa boa música. Por isso resolvi criar essa playlist, para mostrar quais são as músicas que eu estou me deixando perder no momento. Clica no play e se perca também! ♥


#OLivroApaixonadoTáVoltando!