20/04/2017

BEDA 20 | Resenha: O Inferno de Gabriel

Título: O Inferno de Gabriel
Título Original: Gabriel's Inferno
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Páginas: 512
Ano: 2013
Classificação: 3/5

Sinopse: A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher. Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

Resenha: A irmã de uma amiga minha havia lido O Inferno de Gabriel e me recomendado. Como ela ficou muito fascinada com a história e eu sou dessas que precisa só de um empurrãozinho para ficar interessada, não hesitei em comprá-lo.
As resenhas que eu li e a sinopse do livro me deixaram muito curiosa também, me fazendo passá-lo na frente de milhares de livros sem pensar duas vezes. Eu imaginei que esse esforço valeria a pena porque estava com muitas expectativas.
Comecei a ler o livro e a história não avançou, ficou um tanto estagnada em um drama que foi um tanto complicado de entender.
Julianne conheceu Gabriel quando ela tinha 17 anos de idade. Na época, ele era um garoto problemático que vivia dando dor de cabeça para sua família. E, num simples fim de tarde, eles se descobriram apaixonados um pelo outro. Mas, para o desespero de ambos, eles se perderam.
Anos mais tarde, Julia está começando seu mestrado na Universidade de Toronto. Lá, ela sabe que encontrará com ele, aquele que bastou uma noite para tomar seu coração, Gabriel.
Mas, ao contrário do doce rapaz que ela conheceu no passado, ela encontra um professor raivo, que não se lembra dela e que parece querer infernizar sua vida.

O Inferno de Gabriel foi, com certeza, o livro mais cansativo que eu já li na vida. De início, temos um professor que parece odiar sua profissão e seus alunos. Digo isso porque não teve como ele não me passar essa impressão sendo tão mal-educado e mal-humorado.
Quando ele finalmente reconhece Julia, ele a coloca numa bolha onde deseja proteger sua inocência da maldade do seu mundo. Maior afe do Universo!
Outra coisa que me perturbou muito ao ler esse livro foi a enrolação no desenvolvimento da história. Se cortássemos metade do livro, a história seria muito diferente e muito melhor.

Como podem perceber, O Inferno de Gabriel, foi me agradar mesmo somente no final. E que final! A história foi se desenvolvendo tão rápido, as coisas foram acontecendo, a besteira de "ele não me ama, mas eu o amo e vice-versa" terminou e eu pude absorver muito melhor a história dos dois.

Como foi uma história super cansativa, eu vou esperar um tempo para começar a ler o próximo livro, O Julgamento de Gabriel (imaginem se me aparece o mesmo ritmo lento de novo, ah, eu não aguento). O livro recebeu comigo três estrelas e foi muito, como eu disse, o que salvou mesmo foi só o final. Estava planejando dar uma nota muito mais baixa.

Se vocês já leram esse livro ou conhecem a série, me falem aqui nos comentários o que vem nos próximos livros. Vale a pena? É lento demais? Dependendo do que vocês falarem, eu posso começar hoje ou só daqui a 5 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário